Faixa publicitária

PostHeaderIcon Actividade

PostHeaderIcon A luta é o caminho!

VIGÍLIA À PORTA DE CASA DO ADMINISTRADOR PARA EXIGIR O PAGAMENTO DOS SALÁRIOS EM ATRASO

Os trabalhadores das fábricas ICL – Industria Corticeira de Lourosa e ICAL – Indústria Corticeira Aglomerada de Lourosa, fartos de promessas não cumpridas quanto ao pagamento dos salários em atraso, concentraram-se em frente da residência do Administrador (VALDEMAR LIMA) em Espinho, pelas 20.30 horas do passado dia 17 de Julho, exigindo o pagamento dos dois salários em atraso.


A União de Sindicatos de Aveiro e representantes de sindicatos de vários sectores de actividade, marcaram presença para manifestar a sua solidariedade com a justa luta dos trabalhadores.

Actualizado em (Terça, 18 Setembro 2012 17:50)

Continuar...

 

PostHeaderIcon Não ao Roubo do Subsídio de Férias e de Natal

Actualizado em (Quarta, 03 Outubro 2012 16:23)

 

PostHeaderIcon MAIS DE 30 MIL NA MANIFESTAÇÃO DE DIA 9 JUNHO NO PORTO

MAIS DE 30 MIL NA MANIFESTAÇÃO DE DIA 9 JUNHO NO PORTO

O tempo chuvoso que se fez sentir no norte do país, criou dificuldades objectivas na participação de muitas pessoas, mas não impediu que mais de trinta mil manifestantes participassem na Grandiosa Manifestação Contra a Exploração e o Empobrecimento, da Rotunda da Boavista até à Praça dos Aliados.

 

Foi uma Manifestação animada e com força como o comprovam as diversas palavras de ordem gritadas designadamente: “é mesmo necessário o aumento do salário; os salários a baixar e os lucros a aumentar; assim não vai dar sempre os mesmos a pagar; a precariedade é injusta os jovens estão em luta; desemprego em Portugal é vergonha nacional; serviços públicos sim privatização não; o programa de agressão só aumenta a exploração; o FMI não manda aqui”.

 

A determinação e confiança destes milhares de manifestantes demonstram a sua disponibilidade para continuar a luta contra a exploração e o empobrecimento, pelo emprego, pelos salários, pelos direitos, pelos serviços públicos, por uma efectiva mudança de política!

Aveiro, 12 de Junho de 2012

 

Actualizado em (Domingo, 15 Julho 2012 09:57)

 

PostHeaderIcon GRANDE MANIFESTAÇÃO NO PORTO

Folheto em formato pdf para imprime e distribui

Há transportes organizados contacta a tua organização sindical:

 

Aveiro - Estarreja - Ovar - Espinho - Porto

ITINERÁRIO 1

13h00 – Aveiro (Rotunda do Hospital)
13h15 – Estarreja (Rotunda A 29)
13h30 – Ovar (Largo da Estação)
13h45 – Espinho (largo da Câmara)
14h30 – Porto

 

Ovar - Espinho - Porto

ITINERÁRIO 2

13h30 – Ovar (Largo da Estação)
13h45 – Espinho (Largo da Câmara)
14h30 – Porto

 

Lourosa - Riomeão - Porto

ITINERÁRIO 3

13h15 – Lourosa (Rotunda Ex-Suil)
13h30 – Lamas (Sindicato Corticeiros)
14h00 – Riomeão – SITE-CN (Ex-Metalúrgicos)
14h10 – Feira (Paragem do Caima)
14h30 - Porto

 

Vale de Cambra - Nogueira do Cravo - S. João - Porto

ITINERÁRIO 4

13h00 – Vale de Cambra (C. C. Transportes)
13h15 – Nogueira do Cravo (Escola Cimo de Vila)
13h30 – São João da Madeira (Sindicato Calçado)
13h50 – Feira (Paragem do Caima)
14h30 - Porto

 

Águeda – Albergaria – O. Azeméis – Porto

ITINERÁRIO 5

13h00 – Assequins (R.A.M. Ferreira)
13h05 – Águeda (RN)
13h10 – Mourisca do Vouga (Igreja)
13h25 – Albergaria (C C T )
13h40 – Oliveira de Azeméis (Tribunal)
14h30 -- Porto (Rotunda da Boavista)

 

Actualizado em (Quarta, 13 Junho 2012 18:10)

 

PostHeaderIcon 1-º DE MAIO EM AVEIRO

O tempo chuvoso que se fez sentir no distrito, criou dificuldades objectivas na participação de muitas pessoas nas comemorações do dia do trabalhador, mas não impediu que mais de dois mil manifestantes participassem na tradicional Manifestação do Largo da Estação da CP, até ao Largo do Rossio.

Foi uma Manifestação animada e com força, como o comprovam as diversas palavras de ordem gritadas designadamente: “é mesmo necessário o aumento do salário, os salários a baixar e os lucros a aumentar, assim não vai dar sempre os mesmos a pagar, a precariedade é injusta os jovens estão em luta, desemprego em Portugal é vergonha nacional, serviços públicos sim privatização não, o programa de agressão só aumenta a exploração”.

Já no Largo do Rossio Joana Dias, dirigente da InterJovem, referiu que “os jovens trabalhadores querem trabalho e exigem direitos, que basta de desemprego, que no nosso distrito 35% dos desempregados são jovens, dos mais de 15,500 jovens desempregados a maioria não tem qualquer protecção social, que dos mais de 11 mil desempregados inscritos no 1º trimestre de 2012, 33% eram precários o que confirma que a precariedade é a antecâmara do desemprego”.

Adelino Nunes, Coordenador da União dos Sindicatos de Aveiro e da Comissão Executiva da CGTP-IN, começou por saudar as trabalhadoras do Pingo Doce e do Continente, que não obstante as pressões que sofrerem fizeram greve e estavam a participar no 1-º de Maio, bem como as gerações de trabalhadores e de trabalhadoras que, com a sua acção, ousaram afrontar o capital e conquistar o direito ao Dia Internacional do Trabalhador.

Saudou, ainda, os trabalhadores do sector privado e da Administração Pública que, num quadro de redução generalizada do seu poder de compra, participaram activamente nas lutas desenvolvidas nas empresas e serviços, nos sectores e nas regiões e nas grandes jornadas de luta nacionais, como a manifestação de 11 de Fevereiro e a Greve Geral de 22 de Março, luta que vai continuar, afirmou.

“Eles sabem que são os únicos responsáveis pela crise, os que governaram o país durante as últimas décadas, que implementaram uma política de destruição do aparelho produtivo, um modelo assente nos baixos salários e ao serviço do capital. Eles são os que assinaram o chamado “Memorando de Entendimento” com o FMI-BCE-UE, que promove as injustiças e as desigualdades, generaliza o empobrecimento da população, aumenta a exclusão social e põe em causa a democracia e a soberania nacional”.

“Eles são os coveiros do país. É hora de dizer BASTA! É urgente e necessária uma mudança de política”.

“Este é um Governo que diz que não tem dinheiro para os direitos sociais, mas ao qual não falta para pagar juros elevadíssimos, como fica patente nos mais de 35 mil milhões de euros a pagar pela dita “ajuda externa” ou os 744 milhões pagos só nos primeiros três meses de 2012, valor superior ao da totalidade dos subsídios e protecção com o desemprego”disse

Continuando, afirmou que é possível resolver os problemas estruturais e dar um rumo de desenvolvimento económico e social ao país, que a CGTP-IN vai continuar lutar pela exigência:

- Da renegociação imediata da dívida, alargando os prazos, reduzindo os juros e os montantes para que o país possa crescer, desenvolver e assumir os seus compromissos;

- Do prolongamento do período para a redução do défice público;

- Da promoção da produção nacional, na Agricultura, Pescas e Indústria, para responder ás necessidades do mercado interno, reduzir as importações e diminuir a dívida.

Que vai continuar a lutar

para defender as conquistas de Abril, exigindo:

- A retirada das propostas de alteração à legislação laboral para o sector privado e público e a dinamização da contratação colectiva como um instrumento de harmonização social no progresso;

- A criação do emprego com direitos, o combate ao desemprego, à precariedade e a todas as discriminações;

- Uma política de rendimentos que assegure uma mais justa distribuição da riqueza, nomeadamente com o aumento dos salários, em particular do SMN, assim como das pensões de reforma;

- O combate firme à evasão e fraude fiscal e economia paralela, para obtenção de recursos financeiros que respondam ás necessidades do país e da população;

- O reforço da protecção no desemprego e dos apoios sociais,

- O reforço dos serviços públicos e o combate á política de privatizações;

A valorização e dinamização das funções sociais do Estado nas áreas da Saúde, Educação e Segurança Social.

Aveiro, 1 de Maio, de 2012.

DIF/USA

 

Actualizado em (Domingo, 15 Julho 2012 09:57)

 

PostHeaderIcon Dia Internacional dos Trabalhadores

1.º de Maio Aveiro, Largo da Estação (CP) pelas 15 horas.

Descarregar o programa de atividades do 1.º de Maio em Aveiro (documento em formato pdf)

MANIFESTO DO 1.º DE MAIO (Documento em formato pdf)

 

O 1,º de Maio Festa da Criança 10 horas no Largo do Rossio em Aveiro (Descarregar documento em pdf)

Transportes / Zona Feira e São João da Madeira (Descarregar documento em formato pdf)

Transportes / Zona Santa Maria da Feira (Descarregar documento em formato pdf)

 

 

TRANSPORTES - ÁGUEDA – ALBERGARIA – AVEIRO

ITINERÁRIO

14h00 – Assequins (Rotunda A. M. Ferreira)

14h05 – Águeda (RN)

14h10 – Mourisca do Vouga

14h15 – Aguieira (Cruzeiro)

14h20 – Arrancada (APV)

14h30 – Macinhata (CP)

14h40 – Sernada (CP)

14h45 – Albergaria (Centro Coordenador Transportes)

15h00 – Aveiro (Largo da Estação)

 

TRANSPORTES - ESPINHO – OVAR

ITINERÁRIO

13h30 – Espinho (Câmara Municipal)

13h45 – Esmoriz (Praia-Café Esplanada)

13h55 – Esmoriz (Junta de Freguesia)

14h00 – Cortegaça (Sind. Texteis)

14h05 – Maceda (Junta de Freguesia)

14h15 – Ovar (Largo da Estação)

14h30 – Estarreja (Rotunda A1)

15h00 – Aveiro (Estação)

 

Actualizado em (Sábado, 19 Maio 2012 14:03)

Continuar...

 

PostHeaderIcon A DIRECÇÃO DA UNIÃO TOMOU POSSE

Nota à Imprensa

A DIRECÇÃO DA UNIÃO TOMOU POSSE

A Direcção Distrital da União dos Sindicatos de Aveiro/CGTP-IN, eleita no 9-º Congresso realizado no dia 30 de Março, tomou ontem posse e procedeu de seguida à sua primeira reunião formal.

Nesta primeira reunião, a Direcção Distrital fez a apreciação à forma como decorreu o 9-º Congresso e concluiu, unanimemente, que se tratou de uma apreciável e inequívoca manifestação de unidade e vitalidade do movimento sindical unitário do distrito de Aveiro.

A Direcção elegeu:

A Comissão Executiva, composta por:

  • Adelino Silva Nunes Pereira
  • Andrea Isabel Araújo Doroteia
  • Carlos Manuel Silva Lopes
  • Francisco Manuel Cunha Gonçalves
  • Isabel Cristina Lopes Tavares
  • Jaime Anjos Ferreira
  • Jaime Manuel Simões Marques Santos
  • José Pereira Costa
  • Júlio Manuel Balreira Correia
  • Justino de Jesus Pereira
  • Maria Amélia Pinto Sousa Fonseca
  • Mário da Silva Carvalho
  • Rosa Maria Simões Correia Gadanho
  • Rodrigo Manuel Pereira Marques Lourenço

(por maioria com uma abstenção)

O Secretariado, composto por :

  • Adelino Silva Nunes Pereira;
  • José Pereira Costa;
  • Andrea Isabel Araújo Doroteia.

(unanimidade)

O novo Coordenador, Adelino Silva Nunes.

(unanimidade)

Depois do balanço à forma como decorreu o 9-º Congresso e decidida a primeira fase da sua organização interna, a Direcção Distrital discutiu e tomou as medidas necessárias, com vista à participação dos trabalhadores do distrito:

► Na Manifestação Nacional descentralizada do dia 14 de Abril, pelas 15 horas, na Praça dos Leões, no Porto, em defesa do Serviço Nacional de Saúde;

Nas comemorações do 25 de Abril, organizadas e/ou participadas pelo Sindical Unitário, designadamente: em Aveiro, São João da Madeira, Lamas e Ovar;

► Nas comemorações do 1-º de Maio, em Aveiro, que têm inicio da parte da manhã com a habitual Festa da Criança, no Parque do Rossio e uma Concentração de trabalhadores de todo o Distrito, às 15 horas, no Largo da CP, que seguirá em manifestação até ao Parque do Rossio, onde se verificarão as intervenções e a parte cultural.

DIF/USA/CGTP-IN

Aveiro, 13 de Abril, de 2012

Actualizado em (Domingo, 03 Junho 2012 11:09)

 
Mais artigos...